máscaras e malassadas

O Carnaval na Madeira é uma festa de longa tradição. Muito antes de haver os actuais desfiles modernos, tipo escola de samba, já as gentes locais festejavam com alegria e divertimento esta época do ano. Por isso mesmo, se o desfile de Sábado à noite é o cartaz turístico por excelência, o Cortejo Trapalhão, na Terça-feira de Entrudo, é onde os madeirenses preservam o seu espírito brincalhão, mordaz e divertido, como em nenhuma outra ocasião é fácil de fazer.

Cada um usa o que tem em casa, desde trapos velhos a utensílios estragados, para criar algo risível ou aterrador. As máscaras são tanto mais preciosas quanto mais feias e horríveis se encontrar e o traje não tem que ser bonito mas sim criativo por mais feio que seja. Quer-se, acima de tudo, divertimento.

E ia-se pelas casas dos vizinhos, que ofereciam uma malassada bem “regada” com mel-de-cana, uma delícia que nunca pode faltar em casa dos madeirenses na época do Carnaval.

Tradições que continuam vivas, apesar dos tempos que correm. E quanto mais dificeis os tempos, mais o Entrudo é uma época especial.

One thought on “máscaras e malassadas

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s